A natureza do Pecém

 

Na chegada à ESEC do Pecém imaginara que mais uma vez me depararia com mais uma UC urbana, mas a coisa já começaria a mudar ligeiramente de figura.

Fui ao Porto do Pecém com a imagem do gigantesco Complexo Portuário de Suape, em Pernambuco, local que visitei bastante para registrar as UC´s do projeto Expedição Pernambuco, mas o co-irmão cearense, apesar da fama e da grande siderúrgica coreana que movimenta o complexo, é bem menor que sua contraparte pernambucana.

Chegamos ao Pecém pelas dunas do litoral, conseguimos belas imagens nas dunas da famosa praia de Cumbuco, para em seguida passar por umas lagoas onde a prática do kite surf é habitual até chegar nos primeiros metros da área protegida. O fato é que apesar da proximidade com a cidade do Pecém e com o porto do mesmo nome, a ESEC do Pecém já apresenta um isolamento maior em relação às demais UC´s urbanas cearenses que havíamos visitado nos dias anteriores.

Por mais que eu estude bastante as áreas antes da visita, e hoje com o advento de ferramentas como o Google Earth é ainda mais fácil dimensionar o trabalho que teremos pela frente, confesso que a ESEC me pareceu menor ao vivo. Fruto, talvez, das poucas trilhas em seu interior. Há apenas uma picada um pouco mais aberta cortando-a no sentido Norte-Sul, além de algumas picadas secundárias nos remanescentes da cerca que a rodeia.

Foram mais dois dias na ESEC, a unidade que dedicamos menos tempo até agora no projeto e já no segundo dia tivemos que ser “criativos” a ponto de explorar até trilhas não existentes, áreas de vegetação mais baixa e menos densa que improvisamos nosso traçado, pois já havíamos percorrido todos os caminhos existentes apenas no dia de nossa chegada

A ESEC segue o padrão de UC´s deste tipo de categorização, com vegetação uniforme e sem muitos atrativos cênicos, do ponto de vista daquelas paisagens de tirar o fôlego que geralmente os parques nos proporcionam, no entanto ESEC´s e REBIO´s, e acho que também já falei isso aqui em outros blogs da EcoExpedições, são UC´s que me cativam, especialmente por manter um grau de preservação maior em muitos momentos, fruto talvez da menor interferência turística, que quando desenfreada e sem controle e fiscalização, costuma trazer danos de grandes dimensões.

29597437_10211975263159239_2389088435764426774_n

Dunas da ESEC do Pecém próximas a praia de Cumbuco.
 

29598317_10211985473174483_7354058786050571831_n

Praia do Pecém

De todas as UC´s urbanas da Grande Fortaleza, a ESEC do Pecém me pareceu a mais preservada, com uma rica gama botânica e uma pujança de cores na sua mata. Gabriel apesar de ter me acompanhado também por aqui, nunca havia ido à ESEC do Pecém, de forma que foi uma oportunidade igualmente relevante para o trabalho dele também. Em nenhum momento sentimos falta de um guia local. Apesar da completa ausência de sinalizações, como tínhamos os limites da UC em mãos, foi fácil se locomover e explorar o que a região tem de melhor.

Se for pra apontar algo de destaque, eu diria que as dunas nos limites da ESEC são o que ela tem de mais bonito. As praias já mais desertas do Pecém também são um atrativo a mais para um bom descanso após um dia de trabalho.

Encerramos o trecho urbano de Expedição Ceará por aqui. Agora vamos seguir de volta ao sul, para finalizar as unidades que nos restam do Mosaico do Araripe. Até lá!

POSTADO POR LUIZ NETTO