Exposição da Coleção EcoExpedições foi sucesso no FIG 2016

Por Fred França
Fotos: Millene Vieira

A Coleção EcoExpedições inaugurou sua exposição e lançou seu primeiro livro em grande estilo, num dos principais festivais culturais do país, o Festival de Inverno de Garanhuns, o FIG, que este ano partiu pra sua 26a edição e homenageou o músico pernambucano Naná Vasconcelos.

A exposição montada pela Panorama Cultural estará em todos os lançamentos dos livros, que acontecerão em diversas cidades.

Em Garanhuns, a mostra, montada pela primeira vez, marcou o lançamento de Expedição Pernambuco – O Leão do Norte, livro do pernambucano Luiz Netto e do holandês Bart van Dorp que registrou todas as unidades de conservação federal do estado, além das estaduais de maior relevância. A obra foi a primeira da coletânea a ser finalizada.

A exposição contou com fotos fine art utilizadas neste primeiro volume, além de já antecipar algumas imagens que estarão nos próximos livros previstos: Expedição Venezuela e Expedição Piauí. Para a mostra em Garanhuns, além dos autores do livro pernambucano, também foram selecionadas fotos do piauiense Chico Rasta, um dos titulares do livro sobre seu estado.

IMG_20160724_182051687

A exposição foi sucesso de público no FIG 2016.

IMG_20160724_172049861

Expedição Pernambuco –  O Leão do Norte esteve a venda em vários pontos da cidade de Garanhuns ao longo do FIG, inclusive na Casa Galeria Galpão.

IMG-20160807-WA0027

Entrada da Casa Galeria Galpão, sempre lotada de visitantes.

IMG-20160807-WA0009

O fotógrafo Luiz Netto esteve pessoalmente no lançamento da mostra conversando com o público sobre a Coleção.

A mostra integrou o conjunto de exposições oficiais do Governo de Pernambuco ao longo do FIG 2016, que contou com grandes nomes da fotografia, artes visuais, artes plásticas, design e outras vertentes artísticas. Todas as mostras foram na já tradicional Casa Galeria Galpão, que historicamente abriga as exposições de arte das edições do Festival de Inverno. Este ano, além dos fotógrafos da Coleção, estavam presentes outros nome de destaque da fotografia pernambucana com exposições individuais, como Elysângela Freitas e Iezu Kaeru. A galeria também abriu espaço pra outras manifestações artísticas com peças de teatro e apresentações musicais em alguns de seus espaços.

A Coleção EcoExpedições ficou na maior das galerias da casa, logo na entrada, contando com dezenas de fotos dos volumes da Coleção, painéis explicativos do projeto e a exibição do primeiro livro finalizado. Em alguns momentos foram mais de 40 visitantes simultâneos na sala, uma das mais visitadas de toda Galeria Galpão.

A mostra ficou aberta ao público durante sete dias, sempre com acesso gratuito e contou com a presença do fotógrafo Luiz Netto na abertura e fechamento, abrindo espaço para muitos debates com o público presente, sempre muito interessado em saber detalhes da obra.

O lançamento do livro também foi destaque no FIG, ocorrendo no pavilhão da Praça da Palavra, o pólo literário do Festival, com uma palestra do fotografo Luiz Netto sobre o projeto, onde pôde também abrir pra perguntas para a plateia presente.

A exposição agora se prepara para seguir a maratona de lançamentos, a começar pela cidade de Recife, capital pernambucana, que marcará o início da distribuição do livro para as livrarias de todo o país.