Floresta Nacional de Negreiros – Espécies ameaçadas

Por Roseanny Carvalho
Foto: Chico Rasta

Confira algumas espécies ameaçadas de extinção que compõem a fauna da Floresta Nacional de Negreiros*.

Tatu-bola

Conhecido como tatu-apara ou tatu-bola-do-nordeste, o tatu-bola é a única espécie endêmica de tatus e a menor do Brasil, podendo ser encontrado somente na Caatinga e no Cerrado.

Tem aproximadamente 50 cm e chega a pesar cerca de 1,2 kg. Quando se sente ameaçado fecha todo seu corpo, ficando na forma de uma bola, o que protege as partes moles de seu corpo contra o ataque de predadores. Devido a essa capacidade foi que surgiu seu nome popular.

O tatu-bola é um animal de hábitos noturnos e se alimenta de formigas e cupins, podendo consumir certa quantidade de areia, cascas e raízes junto ao alimento. A falta habilidade cavadora, tendo como única defesa a de se enrolar em si, o torna vulnerável, podendo ser facilmente capturado.

A espécie se encontra na lista de Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção, do Ministério do Meio Ambiente. No Estado de Minas Gerias ela é considerada criticamente ameaçada. Além da caça, a perda do seu habitat natural são tidos como as principais ameaças à espécie. A sua carne, muito apreciada nas regiões onde vive, é o principal motivo da sua caça. 

Jacucaca

A jacucaca é uma ave endêmica do Brasil, sendo a maior espécie de cracídeo, vivendo preferencialmente na caatinga e cerrado do Nordeste e em Minas Gerais, próximo da costa em alguns locais. Penelope jacucaca é seu nome científico e significa “ave com pequena crista”.

Jacucaca (Penelope jacucaca) - Caxingo_ PI 02 edit

A Jacucaca, além de ameaçada, é bem arisca. É uma ave grande, podendo medir 73 centímetros. Sua cor é de um canela bem escuro, com riscos brancos, testa preta e penas do peito orladas de branco. Vive sobre a terra e, quando corre, mostra o dorso bronze-brilhante.

Considerada ameaçada de extinção pela IUCN devido especialmente à perda do seu habitat natural  e à caça indiscriminada.

* A Floresta Nacional de Negreiros está no livro fotográfico Expedição Pernambuco – O Leão do Norte. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto