Fundado o Instituto Panorama Ambiental

Captura de Tela 2016-03-12 às 00.07.55
Fevereiro foi mais um mês relevante na vida dos diversos artistas que compõem a Panorama Cultural. Iniciativa de alguns deles que sentiam a necessidade de atuar mais na fronteira da arte com a temática ambiental, em plenária pública foi fundado o Instituto Panorama Ambiental.

Chico Rasta e Luiz Netto, fotógrafos da EcoExpedições, estão entre os artistas que irão atuar em alguns projetos do Instituto. Netto, que coordena a Coleção e é Primeiro Secretário do Instituto, explicou a relevância da entidade: “Minha linha de atuação e a de Chico sempre foram muito tênues entre a cultura tradicional e o meio ambiente. Sentíamos falta de atuar mais exclusivamente em projetos ambientais. Com o Instituto formalizamos nossas intenções de atuar em projetos da área de reflorestamento, educação ambiental, sustentabilidade e outras linhas de atuação não muito abrangidas pelas verbas de fomento das políticas culturais tradicionais.”

Millene Vieira, que atuou na produção de mais de uma dezena de projetos da Panorama Cultural e que tem a honra de ser a primeira presidente do Instituto, é taxativa em falar da relevância da entidade: “A Panorama Cultural sempre se destacou pela qualidade técnica dos produtores e artistas que a compõe. Utilizar todo esse know how agora na elaboração de projetos ambientais será de grande importância para nossa sociedade.”

10457904_10202749979692918_1135829813727442586_n

Luiz Netto, no lançamento da exposição “São Francisco Submerso” e Millene Vieira, produtora geral dos programas Memória & Patrimônio, responsável pela mostra. Ambos estão na diretoria do Instituto. 

Os primeiros projetos a serem desenvolvidos pelo Instituto ainda estão na fase de pesquisa e pré-produção, mas em breve serão divulgados por aqui também em nosso portal. De antemão, o Instituto já realizou aportes dentro da Coleção EcoExpedições, o qual será co-realizador. A entidade já iniciou estudos para um trabalho de reflorestamento na cidade de Serra Talhada, Pernambuco, visando a recuperação de um grande trecho de caatinga.

Por conter tantos produtores e artistas da Panorama Cultural na diretoria do Instituto, a interação entre nossa empresa e o Instituto será constante. Neste primeiro momento de estabelecimento da nova entidade, a Panorama Cultural está cedendo parte de sua sede, no Empresarial Ponte D’Uchoa, para ser a sede do Instituto. Enquanto a página virtual do Instituto também não fica pronta, temporariamente o instituto terá como endereço virtual o www.panoramacultural.com.br/instituto.