Ilha Margarita

Por Mitsy Queiroz
Fotos: Luiz Netto

A tradicional Ilha Margarita localiza-se a 35 minutos de vôo de Caracas. A Ilha faz parte do estado insular Nueva Esparta, composto por outras duas ilhas: Coche e Cubágua, sendo Margarita  a maior e mais habitada delas.

Dentro de Margarita se encontram dois parques nacionais venezuelanos: Parque Nacional Laguna de La Restinga* e o Parque Nacional Cerro El Copey.

Apesar da abundância de praias (mais de 80) e do clima tipicamente tropical, a Ilha apresenta em seu interior um relevo relativamente acidentado com destaque para o já citado Cerro El Copey e as montahas de San Juan.

A região é uma das mais prósperas da Venezuela, com um forte turismo ao longo de praticamente todo o ano e um comércio igualmente próspero, com gigantescos shoppings que gozam de taxas comerciais diferenciadas, concentrados em Pampatar, uma espécie de “centro econômico” da ilha. A capital da Ilha é La Asunción, um povoado relativamente pequeno, localizado mais ao centro. Outras atrações da Ilha são o Museu Marinho e o Museu de La Tradicion.

A posição geográfica estratégica transformou Margarita em importante entreposto espanhol no início da ocupação do continente americano pelos europeus, restando ainda hoje inúmeras fortalezas deste período.

Região conhecida como “Boca de Rio”.

 

 


* O Parque Naciona Laguna de La Restinga estará no livro fotográfico Expedição Venezuela – La Tierra de Gracia. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto.