Índios e Não-índios dirigem “TSÕ’REHIPÃRI, SANGRADOURO”

xavante3

 

Em “TSÕ’REHIPÃRI, SANGRADOURO” a ser exibido na Anauê Mostra de Cinema Indígena, na La Kasita, os índios Xavantes relatam todas as preocupações atuais em meio a tanta mudança nas suas terras que estão vivenciando. Em 1957, depois de séculos de luta e resistência, os Xavantes se refugiaram na missão Salesiana de Sangradouro, Mato Grosso, onde vivem cercados de soja, com a terra e os recursos enfraquecidos.

O filme é dirigido por índios e por não-índios.

A seguir a ficha técnica:

“Tsõ’Rehipãri, Sangradouro”, 28 min., 2009, de Tiago Campos Torres | Divino Tserewahú | Amandine Goisbault.