Novas ruínas mapeadas durante o projeto

Por Jaque Pinheiro
Foto: Luiz Netto

O projeto São Francisco Submerso circulou por várias localidades no entorno dos pontos de mergulho conhecidos. 

Especialmente na Petrolândia Velha foram muitos os mergulhos de exploração da antiga cidade que resultaram no mapeamento de novas ruínas. 

Partindo da área do centro da antiga cidade, a equipe da Panorama Cultural seguiu para antigas áreas rurais, baseando-se em mapas e fotos antigas e num trabalho que misturou o uso de um sonar e mergulhos de exploração, foi possível encontrar novos pontos de grande relevância histórica.

O padrão encontrado era sempre o de alicerces de antigas casas, já sem as paredes, sendo possível encontrar ainda porcelanas, encanações, fios, entre outros itens.

A equipe sempre seguiu nesta fase do trabalho acompanhada de alguns moradores mais antigos. Na opinião deles dizem ser provavelmente o Distrito de Brejinho, entretanto o lugar necessitará de maiores estudos.

pontes

Antiga passagem mohada da área rural de Petrolândia Velha.

Das construções encontradas, destacam-se, diversas passagens molhadas (o indicativo que ali estaria próximo ao leito natural do Rio São Francisco), cercas, cocheiras, tanques, entre outros itens que indicam ser uma zona rural.

As ruínas estão em águas rasas, com cerca de 6 a 8 metros de profundidade e relativamente próximas às margens do atual Lago de Itaparica.