Outras ilhas de Los Roques (PARTE 2)

Por Millene Vieira
Foto: Luiz Netto


IMG_0704


Finalizando a matéria extra sobre as outras ilhas do Parque Nacional Archipiélago Los Roques*, confira mais algumas que compõem a Unidade de Conservação.

Cayo Vapor

Segue o estilo de Cayo Muerto, isolada e pouco frequentada. É o local ideal pra quem deseja tranquilidade, longe das concorridas Gran Roque e Francisquí. A bela barreira de corais também torna o mergulho bem interessante por aqui.

Crasquí

Um dos principais pontos de kitesurf do Arquipélago e pelo fluxo um pouco maior de turistas finda por ter uma estrutura melhor, com alguns restaurantes. É também uma boa praia pra descansar ou levar as crianças. Há a possibilidade de alugar pedalinhos, velas, entre outros. Na área dos corais é comum a formação de piscinas naturais.

Em algumas partes do ano, o Inparques instala uma base temporária na ilha, visando informar melhor o turista e evitar maiores danos a uma das ilhas mais procuradas de Los Roques.

El Palafito

Pequena faixa de areia, com uma casa de pescadores no centro. Essa simplória descrição é a mais perfeita definição de El Palafito, ponto de parada em vários passeios tradicionais do Arquipélago. A água é rasa por vários metros e também é fácil de avistar conchas, estrelas-do-mar, pelicanos e gaivotas. Há um tradicional amontoado de conchas perto da única casa construída, que já virou um ponto de visitação à parte.

IMG_0293 Montanha de conchas em El Palafito.


Fernando

Pequena e desconhecida Ilha do Arquipélago. Poucos vem aqui, exceção dos pescadores que sabem como driblar as barreiras de corais e bancos de areia que impedem os grandes barcos de chegarem mais perto. Pelo isolamento termina sendo a preferida dos pescadores e esse fluxo ligado à pesca fez surgir uma coleção de lendas e histórias pitorescas sobre o local.

Francisquí

Depois da Gran Roque é a ilha mais procurada. Destino preferido de iates e grandes embarcações, principalmente vindas da Ilha Margarita, que costumam passar dias no local. Apesar do fluxo maior de turistas, Francisquí possui infraestrutura subdimensionada, o que pode eventualmente atrapalhar os planos de almoço de quem não está hospedado nos iates.

Madrisquí

Da Gran Roque é possível ver Madrisquí, a mais próxima da principal Ilha de Los Roques. Apesar da proximidade e do alto fluxo de turistas, a quantidade de vida em suas praias é considerável. Peixes de diversas espécies e pelicanos-pardo são o cartão de visita.

Noronquíses

A Ilha é o principal ponto de Los Roques para o avistamento de tartarugas-marinhas. O ideal é chegar cedo, antes que as demais embarcações turísticas atraquem. Apesar das águas claras e do alto grau de preservação, não é tão simples avistar tartarugas em Los Roques, como acontece, por exemplo, em Fernando de Noronha.


* O Parque Nacional Archipiélago Los Roques estará no livro fotográfico 
Expedição Venezuela – La Tierra de Gracia. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto.