Conheça o programa da empresa para o mercado audiovisual

postado em Panorama Filmes

Panorama FilmesA Panorama Filmes nasceu de da congregação de produtores de diversas vertentes culturais, entre elas, o audiovisual.

O Programa Panorama Filmes congrega os produtores do audiovisual da empresa nos mais diversos trabalhos, desde produções próprias a trabalhos profissionais de produção, produção executiva, still e making of’s de filmes, curtas, séries e outras produções independentes, com foco na participação em festivais diversos e na diversidade da cultura nacional.

Das participações da empresa no mercado audiovisual destacam-se os trabalhos:

1)    Owa-Yatxtxô – Esse é o Nosso Jeito

O média-metragem é quase que um tratado sociológico, uma vez que o filme foi feito sem qualquer participação do dito “homem branco”, tendo a direção, produção, roteiro e afins ficado totalmente a cargo de indígenas da etnia Fulni-ô, no agreste pernambucano.

O filme é todo gravado em Yaathe, idioma nativo dos Fulni-ô, única etnia do nordeste a conservar sua língua materna, que hoje inclusive faz parte da grade curricular das escolas da Aldeia Fulni-ô.

A direção é do indígena Ricardo Veríssimo e produção de João Paulo Ribeiro, ambos professores de língua materna na comunidade.

A Panorama Cultural participou da produção e produção executiva do filme.

2) O Homem Que Ri

O curta-metragem “O Homem Que Ri” é uma obra de Lucas Mariz e narra a estória de um homem que ri exacerbadamente dentro de um café, chamando a atenção de outros frequentadores que tentam decidir que atitude deve ser tomada. a Panorama Cultural participa do filme com a realização de still e making of.

Captura de Tela 2014-07-16 às 16.21.25

Cena de “O Homem Que Ri”.