Faixa Petrolífera Orinoco

Texto: Karina Morais
Foto: Luiz Netto

 

166711_4583033736196_491247179_n


O cinturão de petróleo do Orinoco é uma grande área rica em petróleo pesado e extra pesado no norte do rio Orinoco na Venezuela, nas imediações do Parque Nacional Mariusa*, seu nome vem do rio nas proximidades, a formação geológica dos depósitos não está relacionada com a o mesmo.   Estende-se por uma área de cerca de 650 km de leste a oeste e 70 km de norte a sul, para uma área total de 55.314 km2 e uma área de 11.593 km² operação atual.

Esses territórios compreendem parte dos estados venezuelanos de Guaricó , Anzoátegui, Monagas e Delta Amacuro , da cidade do sudoeste do Porão em Guárico, na foz do rio Orinoco, no Oceano Atlântico. Parte da bacia sedimentar oriental da Venezuela e as magnitudes do petróleo e gás, é em si uma bacia. É considerada a maior acumulação de petróleo pesado e extra que existe no mundo.

A Faixa Petrolífera do Orinoco é composto por quatro campos:

  • Campo Carabobo com estimados 227 mil milhões de barris.
  • Campo Boyacá com 489,000 milhões de barris.
  • Campo Junín com 557 mil milhões de barris.
  • Campo Ayacucho 87 mil milhões de barris.

Para um total de 1,360 bilhões de barris, divididos em 29 blocos de 500 km² cada sobre ter um potencial ainda maior para a produção se ser explorado na íntegra e confirmou toda a pesquisa recente feita sobre esta área de importância relativa na produção de petróleo presente e futuro.

Graças à certificação do petróleo da Faixa do Orinoco, onde se encontram quase 75% das reservas do país, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reconheceu em seu relatório anual de 2010, divulgado em julho de 2011, que a Venezuela possui as maiores reservas de petróleo do mundo. O país caribenho tem, segundo o organismo do qual é membro fundador, reservas provadas de petróleo de 296,5 bilhões de barris, 24,8% das reservas do cartel petroleiro. Desta maneira, a Venezuela superou pela primeira vez as reservas da Arábia Saudita, que tem 264,520 bilhões de barris e representa 22,2% do total de reservas da Opep.

Conciliar a exploração do Petróleo com a conservação do Delta do Orinoco é o grande desafio da Venezuela para este século.

 

*O Parque Nacional Mariusa estará no livro fotográfico Expedição Venezuela – La Tierra de Gracia. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto.