“PI’ÕNHITSI, MULHERES XAVANTE SEM NOME” fecha a participação Xavante na Anauê

xavante4

“PI’ÕNHITSI, MULHERES XAVANTE SEM NOME” fecha a participação Xavante na Anauê Mostra de Cinema Indígena. No filme, jovens e anciãos debatem sobre as dificuldades e resistências sobre a realização da festa de iniciação feminina. Desde 2002, Divino Tserewahú tenta produzir um filme sobre esse tipo de iniciação, que não se pratica mais em nenhuma outra aldeia Xavante, mas sempre suas tentativas foram interrompidas.

Divino Tserewahú, índio Xavante, e Tiago Torres dirigem a obra que venceu o Prêmio Especial do Juri Forumdoc, de 2009, em Belo Horizonte.