Povoado do Araripe

Por Fred França
Fotos: Márcio Miranda e Luiz Netto

 

Vida Mercante


O Povoado do Araripe, localizado a 12 km da sede do município de Exu, está intimamente ligado à história de vida de Luiz Gonzaga e se transformou numa das principais atrações turísticas da cidade e de toda APA Chapada do Araripe*.

Fundado ainda no século XIX, nas terras da Fazenda Araripe, pelas mãos do Coronel Manuel Aires de Alencar, da tradicional família que tem em Bárbara de Alencar a personagem de maior relevância histórica, revolucionária da Revolução Pernambucana de 1817 e da Confederação do Equador.

A família de Luiz Gonzaga sempre foi ligada à família Alencar e se mudou para o Povoado do Araripe quando o futuro sanfoneiro possuía apenas 12 anos, em virtude da grande cheia do Rio Brígida. Foi lá, aos 14 anos que comprou sua primeira sanfona e começou a acompanhar o pai Januário nos “toques”.

Historicamente, ninguém esquece a grande festa de 1968, que marcou o centenário do povoado e foi imortalizado na música “Meu Araripe”, escrita por João Silva e pelo próprio Luiz Gonzaga. Na ocasião, o local recebeu 15 dias de festas ininterruptos, comandados por Luiz Gonzaga e por um jovem pupilo, Dominguinhos. 

 

521722_4744834061103_642262159_n

Casa em que morou a família de Luiz Gonzaga.

IMG_0605

Pórtico construído para comemorar o centenário do Povoado do Araripe.

IMG_0627

Dona Raimunda, prima de Luiz Gonzaga, guarda ricas lembranças da história do Araripe e da família do Rei do Baião.

A bela igreja, com imagens importadas da França pelo Coronel Alencar, o pórtico construído na ocasião do centenário, as casas da família Alencar e as residências onde morou Gonzagão, Januário e Santana estão entre os destinos preferidos de quem chega ao local. Conversar com Dona Raimunda, prima e contemporânea de Luiz Gonzaga, também é um programa obrigatório.

Lúcida e com ricas lembranças do período em que conviveu com sua tia, Santana, e o primo, Luiz, Dona Raimunda prende a atenção dos interlocutores ao narrar a vida daquela simples família sertaneja, as memórias da grande festa de 68, dos forrós comandados por Januário e Luiz Gonzaga, entre outros ricos episódios da história local.

 

*A APA Chapada do Araripe está no livro fotográfico Expedição Pernambuco – O Leão do Norte. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto.