Principais atrações do Parque Nacional de Sete Cidades

Por Fred França
Fotos: Luiz Netto

O visitante que passar pelos parques nacionais exclusivamente piauienses notará diversas similaridades entre eles, uma bela caatinga em sua maioria, fauna abundante e muitos sítios arqueológicos são algumas destas características. No Sete Cidades, o padrão encontrado nos parques gigantes do sul do Piauí se mantém, com a diferença que a unidade de conservação se localiza mais próxima da região central do Estado, próximo da capital e de outros grandes centros urbanos.

As cidades de pedra, que dão nome ao Parque, são, sem dúvidas, suas grandes atrações. Confira a seguir um resumo dos seus principais atrativos:

PRIMEIRA CIDADE – Nas chuvas, é possível visitar a Cachoeira do Riachão, formada por duas quedas d´água, uma de sete metros e outra de dezesseis. Outras atrações são a Pedra dos Canhões e a Floresta de Pedras.

SEGUNDA CIDADE – O arco do triunfo, formação rochosa com 18 metros de altura, é a sua principal atração, que conta também com a maior concentração de sítios arqueológicos de toda a unidade de conservação. Das formações rochosas, destacam-se também a Pedra do Americano, a Pedra do Castelo e a Biblioteca.

12096462_10205715156460484_7710783289273720254_n

As cidades de pedra são as grandes atrações do Parque Nacional de Sete Cidades.

194A6539

Sete Cidades protege dezenas de sítios arqueológicos.

TERCEIRA CIDADE – Destacam-se várias formações rochosas como o Dedo de Deus, a Cabeça de Dom Pedro, os Três Reis Magos, o Curral de Pedras, a Pedra do Beijo e o Furo Solsticial, fenda por onde ocorre incidência solar durante o solstício de inverno.

QUARTA CIDADE – Destacam-se a complexa Passagem do Índio, de difícil acesos, a Cidadela, a Grande Muralha, o Beijo do Lagarto e o Mapa do Brasil.

QUINTA CIDADE – É a cidade em que se encontra a Gruta do Catirina, local habitado por um antigo ermitão que teria enterrado seu filho no local. A cidade também possui vários sítios arqueológicos e formações rochosas como a Pedra do Gorila, a Furna do Índio, a Pedra do Camelo, a Pedra do Último dos Moicanos e a Pedra do Imperador.

SEXTA CIDADE – A Pedra da Tartaruga, que lembra um enorme casco, se destaca ao longe quando se chega a esta cidade. Também é possível encontrar a Pedra do Elefante e a Pedra do Cachorro.

SÉTIMA CIDADE – Destaca-se a Gruta do Pajé, o Casario e diversas pinturas rupestres.

* O Parque Nacional de Sete Cidades estará no livro fotográfico Expedição Piauí – O Sol do Equador. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto.