Professor Francisco Tamayo

Por Neuma Calixto
Fotos: Luiz Netto

 

O Professor Francisco Tamayo, nascido em Sanare, no estado de Lara, foi o responsável pela efetivação do Arquipélago Los Roques à condição de Parque Nacional.

Os estudos, encomendados pelo governo venezuelano em 1970, se encerraram em 1972 com a oficialização do território das ilhas de Los Roques alçado à categoria de Parque e com a publicação e aprovação do plano de viabilidade que destacou a fragilidade do ecossistema encontrado na região, bem como a relevância deste e o valor dos recursos naturais ali presentes.

IMG_0669

O trabalho do renomado professor Francisco Tamayo foi essencial para criação do Parque Nacional Los Roques.

Envolvido com os movimentos estudantis, se tornou presidente da Federação de Estudantes da Venezuela e ao formar-se, assumiu o cargo de Professor de Ciências Biológicas no recém-criado Instituto Pedagógico. Seguiu para cursos de pós-graduação em Buenos Aires e em Caracas onde foi aluno do famoso naturalista francês Henri Pittier, com longa história em território venezuelano, ganhando até um parque nacional no país em sua homenagem. 

Com vasta atuação na botânica, Tamayo comandou diversas expedições pela Venezuela, encontrando e mapeando várias espécies inéditas e desconhecidas pela ciência até então.

Além da estreita relação com Los Roques, o professor também esteve bastante envolvido com a instalação de uma Estação Ecológica em Los Lãnos, outro parque venezuelano. 

Versátil, Tamayo atou além da botânica e das ciências naturais, publicando trabalhos até na área sobre o folclore venezuelano.

 

* O Parque Nacional Archipiélago Los Roques estará no livro fotográfico Expedição Venezuela – La Tierra de Gracia. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto.