Saberes Tradicionais já tem primeiros artesãos definidos

A segunda temporada da Websérie Saberes Tradicionais já possui seus primeiros artesãos definidos. O projeto, que desta vez mergulha no universo indígena, contará com representantes das etnias Kapinawá, Fulni-ô e Pankararu, todas de Pernambuco.

Vivendo no aldeamento na cidade de Buíque, Roseane Kapinawá irá mostrar o processo de fabricação dos colares feitos de sementes da caatinga, muito comuns em sua etnia. Já nos Fulni-ô, o indígena Clóvis será o responsável por descrever o processo produtivo de um arco e flecha guerreiro. Por fim, Sival Pankararu mostrará como produz as réplicas em miniatura dos famosos “encantados” de sua etnia.

0507-2018-1052276786885814789

Sival, representante da etnia Pankararu.

Após o sucesso da primeira temporada produzida de forma independente pela Panorama Cultural em parceria com a Madre Filmes, a segunda conta com suporte do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura e será novamente produzida em regime de parceria entre as duas empresas.

Saberes Tradicionais tem por objetivo, registrar para a posteridade os modos e fazeres de trabalhos manuais de artesãos de todo o Brasil, já tendo registrado processos ligados à arte em madeira, barro, rendeiras, entre outros. A segunda temporada terá episódios publicados ainda neste segundo semestre.