“Terra Sagrada” visita a etnia pernambucana dos Xucuru


Terra Sagrada 003_baixa - Anna Andrade

“Terra Sagrada”, de Aishá Lourenço, fecha a terceira sessão do I FestCine Indígena de Águas Belas. No filme, mulheres e homens Xukuru, jovens e anciãos, Natureza Espiritualidade, mesclam-se em conhecimentos adquiridos através do sangue, da luta e do trabalho: “Terra Sagrada” é um registro histórico sobre a cosmovisão da agricultura ancestral do povo Xukuru, sua ligação com guias encantados, sua resistência, linguagem e sabedoria, num símbolo de abertura à contemporaneidade do movimento indígena e agroecológico.

O filme é inédito e tem sua estreia marcada para o Festival. Confira o pôster oficial.

Cartaz web - Anna Andrade