Vernissage da exposição

Por Neuma Calixto
Fotos: Reginaldo Marques

 

Na última quinta-feira, 21 de agosto, aconteceu em Recife a Vernissage da exposição São Francisco Submerso – O Lago de Itaparica* que movimentou artistas, produtores culturais da cidade, técnicos do IPHAN, a equipe do projeto, amigos e familiares numa grande confraternização.

O coquetel de lançamento aconteceu na sede do IPHAN em Recife, a Casa do Patrimônio, localizada no complexo do antigo Colégio Nóbrega, no bairro da Boa Vista.

O trabalho expositivo, cuidadosamente elaborado pela curadora Mitsy Queiroz, despertou elogios dos visitantes. Foram selecionadas 40 imagens do fotógrafo Luiz Netto que compuseram a exposição e que se espalharam pelas paredes das duas salas expositivas do térreo do prédio.

A iluminação, cuidadosamente elaborada pela curadoria e produção do evento, realçou a beleza das imagens, que retrataram de forma fiel a situação de dezenas de ruínas de cidades e povoados inundados pela construção da Hidroelétrica Luiz Gonzaga.

10552583_10202749975132804_3821216619633246473_n

Uma as salas da exposição, momentos antes da abertura.

10568784_10202750169457662_3529415248669362970_n

Visitantes na vernissage da exposição.

996155_10202749976452837_7410577423645864997_n

A curadora Misty Queiroz e o fotógrafo Luiz Netto receberam os visitantes.


10349984_10202749976412836_3895317205851120539_n

Visitantes ligados à produção cultural e ao patrimônio histórico visitaram a exposição.

10562991_10202750169417661_7795020386537517367_n

Sala expositiva durante o coquetel de lançamento da exposição.

Além das fotos, os visitantes puderam acompanhar também uma projeção de slides com os bastidores dos trabalhos de campo, que alternava fotos do fotógrafo e dos mergulhadores de apoio em ação, com mapas e informações das áreas abordadas na exposição.

Uma noite agradável, estampada no sorriso da equipe e visitantes. Para o fotógrafo Rildo Iaponã, residente em Fernando de Noronha e que veio prestigiar o lançamento da mostra, a exposição foi a oportunidade de conhecer um pouco um mundo que sequer sabia que existia: “trabalho com fotos-sub em Noronha, local de rara beleza e de águas com dezenas de metros de visibilidade. Imagino a dificuldade que a equipe teve que enfrentar pra conseguir imagens tão fascinantes dentro das condições naturais dos rios do sertão, de águas turvas e fortes correntezas. Estão todos de parabéns, é uma realidade que sequer imaginava que existia tanta coisa embaixo das águas do Velho Chico. Foi uma viagem no tempo!”

A exposição continua em cartaz no local por dois meses, de segunda a sexta, das 08:00 às 17:00, fechando para almoço entre 12:00 e 13:00.

 

*São Francisco Submerso – O Lago de Itaparica é uma exposição do fotógrafo pernambucano Luiz Netto. O projeto é uma realização do Ministério da Cultura, Lei de Incentivo à Cultura, IPHAN, Paço Imperial e Panorama Cultural.  O patrocínio é do Banco Itaú.