Vila do Catimbau

Por Fred França e Line Vital
Fotos: Fred França e Luiz Netto

A Vila do Catimbau finda por ser a porta de entrada do Parque Nacional do Catimbau*, no município de Buíque.

A Vila, hoje distrito de Buíque, ainda mantém os ares bucólicos do início do século XX. O acesso se dá a partir de 10km de estrada de barro do centro da cidade, passando pelo lixão da cidade, motivo de muitas críticas por parte da população local.

194A8124

Vila do Catimbau, último povoado antes de entrar na área dos paredões do Parque Nacional do Catimbau.

IMG_7356

Artesão Luiz Benício, filho ilustre da Vila do Catimbau.

Apesar do acesso ser em estrada não pavimentada, a área interna da Vila já se encontra com pavimento de paralelepípedo e lá é possível encontrar os serviços mais básicos, tais como refeitórios, lanchonetes, escolas, dentre outros. Muitos visitantes optam por se hospedar na Vila, em detrimento da cidade de Buíque, em virtude da proximidade maior com o Parque. Se trata literalmente o ponto de divisa entre a área comum e a área da unidade de conservação, sendo o riacho localizado na sua saída, a demarcação oficial da UC

Por lá também é possível visitar a Associação de Guias, com muitos moradores locais capacitados para levar o turista aos rincões do Parque Nacional, e o Paraíso Selvagem, do índio Fulni-ô Jurandir Kawak. Segundo ele, optou por deixar Águas Belas, sua cidade natal, para o Catimbau devido a um sonho que teve no século passado.

A região também conta com artesãos ilustres da região, como Zé Bezerra e Luiz Benício, ambos com peças exibidas no sul do país e na Europa.

* O Parque Nacional do Catimbau está no livro fotográfico Expedição Pernambuco – O Leão do Norte. Mais informações sobre a Coleção EcoExpedições no menu esquerdo do portal da Panorama Cultural ou no site www.colecaoecoexpedicoes.com.br. Os extras publicados no portal trazem informações e curiosidades das áreas visitadas ao longo do projeto.